Índice do Fórum BioNascimento BioNascimento
Fórum do Portal BioNascimento
 
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistarRegistar 
 PerfilPerfil   Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas   EntrarEntrar 

Faça Força! - Opiniões

 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum BioNascimento -> Dúvidas, desabafos, partilhas, etc
Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
S. Oliveira-BioNascimento
Site Admin


Registo: 25 Mai 2005
Mensagens: 477

MensagemColocada: Seg Jun 25, 2007 12:40 am    Assunto: Faça Força! - Opiniões Responder com Citação

Olá a todas!

Pelas leituras que o artigo Manobra de Valsalva tem tido, gostava de lançar aqui no fórum o tema para conversa.

Deixo a opinião que uma mamã que acompanhei como Doula me enviou:

"Nas minhas aulas de preparação para o parto, que ocorreram entre Dezembro de 2006 e Fevereiro de 2007, a “manobra de Valsava” foi ensinada e praticada durante as aulas: “Encher o peito de ar, fechar a boca, juntar o queixo ao peito e fazer força.”. Sugeriam também o treino da apneia, para que durante o parto se pudesse fazer força durante mais tempo!

Já nessa altura, fiquei com a impressão que este tipo de respiração é ensinado porque, nestas aulas, esperam que as mulheres que as frequentam queiram a epidural e como este tipo de analgesia frequentemente “adormece” a vontade da mulher fazer força, haverá alguém que lhe dirá qual o momento e consideram a manobra de “Valsava” como o método mais eficaz de expulsão do bebé.

Da minha experiência particular e talvez porque o meu parto não ocorreu num hospital e estava numa posição vertical, tentei NUNCA fazer força.. primeiro porque feita antes de tempo (antes que o útero atinja os 10 cm de dilatação) pode comprometer a descida do bebé (também ensinam isso nas aulas de preparação para o parto), segundo para evitar as lacerações do períneo. Além disso, as contracções servem numa primeira fase para dilatar do colo do útero e depois para empurrar o bebé para o exterior.

Mas a verdade é que a determinada altura, provavelmente porque não quis epidural e estava num ambiente bastante calmo, foi IMPOSSIVEL não fazer força .... é algo fisiológico e o nosso corpo sabe bem o que fazer: mesmo que “racionalmente” tentemos evitar, o nosso útero e músculos pélvicos contraem-se (in)voluntariamente, sabemos instintivamente que é chegado o momento de “fazer força”, não precisando que alguém exterior nos diga.

Nesta altura, quando nos deixam seguir o nossa própria intuição e não somos instruídas por terceiros, acredito que cada uma de nós actuará como for mais adequado para fazer força....não há uma resposta padronizada ou instrução milagrosa, até porque cada parto é um momento ÚNICO e não há dois iguais.

Penso que os hospitais em vez de dizer à mulher para fazer força, deveriam dar-lhe a possibilidade de ver a evolução seu próprio parto e do bebé surgir mais um pouco, após cada contracção. Não haverá melhor motivação para “fazer força” que o desejo de ter o nosso bebé nos braços o mais depressa possível."

Outras opiniões são bem-vindas.
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Enviar email Visitar a página na web do utilizador MSN Messenger
Sílvia



Registo: 24 Ago 2005
Mensagens: 97
Local/Origem: Odivelas

MensagemColocada: Ter Jun 26, 2007 12:58 pm    Assunto: Responder com Citação

Viva, Sandra!

Também eu li este artigo, assim que o publicaste, e estive para comentá-lo de seguida, o que acabou por não acontecer... Aproveito que lanças agora o desafio aos comentários para deixar a minha opinião sobre o assunto.

Também a mim ensinaram a Manobra de Valsalva durante a última semana de preparação para o parto, pelo método psico-profiláctico. Devo dizer que, apesar de muito bem intencionada, esta "instrução" revelou-se não só inútil ao longo do meu período expulsivo, como até contraproducente. Assim que a pus em prática na hora H, percebi imediatamente que estava a dar seguimento a uma prática que contrariava as exigências e a natureza do meu próprio organismo. Só quando me consegui abstrair do que tinha apendido e comecei a coordenar a minha força e a minha respiração de acordo com o que sentia que a situação exigia, consegui trazer a Rita cá para fora. A tomada de ar forçada e prolongada, para conseguir manter pelo máximo tempo possível o estado de apneia, deixava-me tonta; e logo a seguir, o estado de apneia prolongada deixa-nos exaustas muito mais rapidamente. Agradeço, sem ironias, a boa vontade de quem tentou ensinar-me a parir, mas a verdade é que sozinha teria feito muito melhor trabalho.

Muito obrigada, querida Sandra, por me teres incitao a esta resposta.

Beijo muito grande para ti.

;)
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Enviar email Visitar a página na web do utilizador MSN Messenger
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum BioNascimento -> Dúvidas, desabafos, partilhas, etc Todos os tempos são GMT + 1 Hora
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum


Powered by phpBB 2.0.21 © 2001, 2002 phpBB Group