Índice do Fórum BioNascimento BioNascimento
Fórum do Portal BioNascimento
 
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistarRegistar 
 PerfilPerfil   Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas   EntrarEntrar 

alimentaçao de bebés

 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum BioNascimento -> Dúvidas, desabafos, partilhas, etc
Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
cc



Registo: 12 Abr 2008
Mensagens: 17

MensagemColocada: Sáb Abr 12, 2008 7:25 pm    Assunto: alimentaçao de bebés Responder com Citação

ola a todos. sou nova neste forum, que acho muito util.
ainda nao sou mae, mas sou educadora de infancia e estou no berçario com um grupo de 9 bebés. por vezes as maes perguntam se podem dar este ou aquele alimento, ou o que fazer quando os pequeninos nao conseguem fazer coco. como nao sei, por varias vezes vim ca procurar informaçoes.
actualmente uma menina do grupo tem muitas dificuldades em fazer coco, gostaria de saber se ha algum alimento que a mae possa introduzir na sua alimentaçao para a ajudar. apesar de as fezes nao serem muito duros a criança chora muito e fica muito atrapalhada. a mae faz sopas com legumes muito diversificados e verdes e faz massagens, mas ate agora o efeito nao foi o pretendido, pois a situaçao mantem-se. a menina tem 7 meses e ainda mama. a carne e a fruta tambem ja estao ha algum tempo na sua alimentaçao.

e em relaçao à alimentaçao das crianças onde me posso informar melhor sobre o que introduzir, como e quando?
o meu grupo de meninos tem entre 5 e 15 meses

obrigada pela ajuda
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Sónia Esteves



Registo: 16 Mai 2008
Mensagens: 8
Local/Origem: Sacavém

MensagemColocada: Sex Mai 16, 2008 12:05 pm    Assunto: Sugestões para evacuações difíceis nas crianças Responder com Citação

Custa-me que ninguém lhe tenha, pelo menos, dado uma palavra solidária durante todo o este tempo.

Cheguei hoje a este fórum e, embora seja mãe de dois meninos lindos, nunca me vi a braços com problemas desses.

Acho que já todos sabemos que ningém melhor que o pediatra de cada criança para indicar quais os alimentos a introduzir e em que idade, bem como para diagnosticar a razão das dores que tanto a incomodam e indicar quais os procedimentos a seguir para as resolver.
Fiz uma breve pesquisa e sugiro que tentem o seguinte:
Não dar alimentos que prendem os intestinos (banana, cenoura, maçã sem casca, arroz), dar preferencialmente os que "soltam" (legumes, alface, couve, espinafres), muita fruta fresca (como laranja) e em compota (pêra e pêssego). O excesso de leite e carne na dieta da criança também podem ser prejudiciais.
A simples ingestão de água consegue fazer maravilhas, por isso dêem bastantes líquidos às crianças.

Uma vez que o nervosismo ou a grande tensão emocional também podem estar na base do problema, há que tentar proporcionar-lhe um ambiente o mais calmo possível, transmitir-lhe confiança e ajudá-la, nomeadamente com o recurso às referidas massagens que estimulam o intestino a trabalhar.
O meu pediatra ensinou-me no primeiro dia a fazer umas massagens que até me assustaram! Não eram aquelas "festinhas" em movimentos circulares de que ouvimos falar, mas sim apertões relativamente vigorosos (o polegar de um lado da barriga, os restantes dedos do outro) que deixavam o pai em pânico quando me via a fazê-los. Mas o que é verdade é que sempre resultaram lindamente nos meus filhos e a resposta dos intestinos era imediata: eu apertava, eles faziam força e já estava!!

Volto a frisar que antes de recorrerem a qualquer tipo de método devem aconselhar-se com o pediatra, até porque pode haver outros problemas como inflamações, fissuras ou causas anatómicas que devam ser tratadas de forma especial.

Espero ter ajudado e que a minha resposta não tenha chegado tarde demais.
Para mais alguma dúvida ou desabafo, estarei sempre ao dispor.
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
S. Oliveira-BioNascimento
Site Admin


Registo: 25 Mai 2005
Mensagens: 477

MensagemColocada: Sex Mai 16, 2008 2:51 pm    Assunto: Re: Sugestões para evacuações difíceis nas crianças Responder com Citação

Apresento desde já as nossas desculpas por não termos dado qualquer tipo de resposta, mas esta mensagem passou-me completamente.

De qualquer forma, gostaria de vos transmitir que neste fórum já há muita informação que pode ser consultada, e neste caso especifico já foi abordado várias vezes, pelo que no fundo as respostas já cá estão.

À CC eu sugeria que fornecesse às mães informações provenientes do Dr. Carlos Gonzalez ou do Dr. Sears, que como poderá constatar após algumas pesquisas são bem diferentes das que estamos habituadas a receber por cá...por isso cuidado com o excesso de confiança naquilo que outros nos transmitem...niguém melhor que nós deverá saber o que é melhor para os nossos filhos...

Sugiro desde já o livro do Carlos Gonzalez: Mi niño no me come. As mães têm-me dito maravilhas deste livro!

A mim faz-me muita confusão a sociedade que se está a criar em que as mães são dependentes de muita coisa exterior para saberem cuidar dos filhos...complica-se uma coisa que deveria ser tão simples - a maternidade...como diz o Carlos Gonzalez parece que apesar de sermos inteligentes, somos a espécie que mais palpites recebe para "criar" uma cria.

Não levem a mal, mas confiem mais nos vossos instintos, e não façam nada que não vos pareça razoável independentemente de quem o transmite.

A CC que me desculpe uma vez mais e, obrigada à Sónia

Bjs
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Enviar email Visitar a página na web do utilizador MSN Messenger
Sónia Esteves



Registo: 16 Mai 2008
Mensagens: 8
Local/Origem: Sacavém

MensagemColocada: Sex Mai 16, 2008 6:35 pm    Assunto: Responder com Citação

A Sandra tem tanta razão que até me custa admitir!
Como é que a sociedade conseguiu diminuir tanto a nossa confiança nos nossos instintos e na nossa capacidade inata de sermos mães e de sentirmos o que é melhor para os nossos filhos?
Se intuitivamente sabemos o que fazer, porque temos sempre que seguir as indicações dos outros indo, grande parte das vezes, contra a nossa própria vontade?
São incontáveis as directrizes que me deram não só relativas à gravidez mas também à melhor forma para cuidar dos meus filhos: "não o habitues ao colo que ele fica mal acostumado", "deixa-o chorar que até lhe faz bem para abrir os pulmões", "não o deixes dormir na tua cama senão nunca mais te vês livre disso"... enfim, barbaridades sem fim que me deixam a pensar na incapacidade que nos incutem de saber (re)conhecer os nossos filhos enquanto seres sensíveis, carentes e dependentes de nós, mães, para lhes assegurarmos o conforto e a felicidade a que têm direito.
É claro que acabei sempre por guiar-me pelo que me foi dizendo o meu coração de mãe, e o que fiz para um filho nem sempre foi o que fiz para o outro, pois cada um deles é um indivíduo com diferentes características e necessidades. E, muito sinceramente, sempre consegui melhores resultados quando fiz o que sentia ser correcto do que quando segui ordens impostas com as quais muitas vezes discordava (o pediatra e as minhas amigas que me perdoem mas é mesmo assim!).
Terei cometido alguns erros? Certamente, mas que mãe humana se quer perfeita? Os meus filhos são lindos, maravilhosos e, o mais importante para mim, crianças felizes e amadas.

As mães precisam de começar a acreditar em si mesmas e a confiar que conseguem, se não desistirem, encontrar em si e nos seus próprios filhos as respostas para todas as suas dúvidas.

À CC desejo boa sorte e à Sandra peço desculpa por ter falado um pouco demais... Às vezer armo-me em "sabona" sem querer. Obrigada pela dica!
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
S. Oliveira-BioNascimento
Site Admin


Registo: 25 Mai 2005
Mensagens: 477

MensagemColocada: Sex Mai 16, 2008 7:02 pm    Assunto: Responder com Citação

Não tens nada que pedir desculpa Sónia!!

Fico até muito contente, porque quando escrevo estas coisas escrevo com o coração e receio que nem sempre me compreendam...

A verdade é que depois de ter lido o livro do Carlos Gonzalez o "Besame Mucho" senti que tinha ficado finalmente com a "escola toda" apesar de estrar longe do que gostaria de ser para com a minha filha, e passei a escutar mais o meu coração e também eu a conseguir seguir os meus instintos. A verdade é que os cuidados que lhe presto são definitivamente melhores e a nossa relação nem se compara.

Há outro livro que uma amiga de quem gosto muito me recomendou e que também me ajudou bastante - No coração das emoções das crianças, da Elizabete Felliozat - Editora Pergaminho.

E para a alimentação, esqueci-me de sugerir o livro -Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças, e a minha querida Ana Caseiro lembrou-me. Este livro tem dicas muito boas e receitas para quem queira fugir às papas convencionais, independentemente de se ser vegetariano ou não (eu não sou, mas cada vez como menos carne...).

Sónia, Muito, Muito Obrigada!!
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Enviar email Visitar a página na web do utilizador MSN Messenger
cc



Registo: 12 Abr 2008
Mensagens: 17

MensagemColocada: Sex Mai 16, 2008 7:54 pm    Assunto: Responder com Citação

obrigada pelas respostas, apesar de tardias. eu antes de colocar aqui a minha questao fiz uma pesquisa pelo forum para me orientar, mas senti que o que existia nao se aplicava a este caso.

felizmente a mae ja marcou uma consulta num pediatra, pois ate aqui tinha "deixado andar" apesar de se mostrar bastante preocupada. a criança começou ate a deitar sangue do nariz e a ganhar borbulhas devido ao esforço enorme que faz ao tentar evacuar, chegando ate a fazer febres. mas penso que daqui para a frente a situaçao vai melhorar com o devido acompanhamento medico.

obrigada pelas respostas :D
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
Sónia Esteves



Registo: 16 Mai 2008
Mensagens: 8
Local/Origem: Sacavém

MensagemColocada: Sex Mai 16, 2008 10:52 pm    Assunto: Responder com Citação

Obrigada Sandra, é sempre bom sentir o apoio e a compreensão que as tuas palavras transmitem.
De quem é o livro "Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças"? Tenho a certeza que apresenta óptimas opções para quem cada vez tem menos prazer em comer carne. Adoro legumes, mas os meus filhos nem tanto... Um porque nunca foi fã, o outro porque se deixou convencer por um simples (mas mais eficaz do que todos os meus esforços de então para cá para o rebater) "Não Rafael!! Não comas as couves!" proferido pelo seu grande amigo João no infantário.
Mas com bom senso, com o meu exemplo quando como deliciada os meus maravilhosos vegetais, e com alguma criatividade a coisa tem ido bem e até o pequenote Alexandre já grita "mai!!" quando demoro muito a dar-lhe os preciosos legumes!
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada
S. Oliveira-BioNascimento
Site Admin


Registo: 25 Mai 2005
Mensagens: 477

MensagemColocada: Sáb Mai 17, 2008 12:13 am    Assunto: Responder com Citação

És uma simpatia!

O livro é da Gabriela Oliveira e da editora Arte Plural.

Espero conhecer-te amanhã.

Bjs
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Enviar email Visitar a página na web do utilizador MSN Messenger
RaquelC



Registo: 09 Abr 2008
Mensagens: 16
Local/Origem: Paço de Arcos

MensagemColocada: Sáb Mai 17, 2008 4:05 pm    Assunto: Responder com Citação

Olá Sandra,

Sei que o tema principal não está ligado ao assunto seguinte, mas já que falaste do livro da Gabriela, precisava de uma ajuda.


Li os vários post que a Ana Caseiro escreveu relativamente à confecção de papas caseiras, e fiquei com uma dúvida. No livro da Gabriela Oliveira, em todas as receitas de papas ela diz que se deve juntar a farinha com um pouco de leite frio, e depois juntar ao resto do leite quente e deixar no lume a cozer 15 ou 20 mnts, dependendo da farinha. Naquilo que a Ana escreve, entendo que se pode juntar as farinhas ao leite quente e adiconar a seguir a fruta, sem ter de cozer a farinha.

Eu gostava muito de fazer as papas para a Jade, mas se na creche eles tiverem de cozer as farinhas, obviamente não vão aceitar.

Alguém que tenha já dado papas caseiras me pode explicar melhor como se fazem?

Obrigada

Raquel e Jade (a amamentar à 4 meses e 21 dias, graças à Sandra)

Nota: Sandra, sei que te estou a dever um telefonema, e uma ida ao sushi, mas esta semana foi complicado. Telefono-te para a próxima semana e se te for oportuno, sushi com elas! :o)
Voltar acima
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada MSN Messenger
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum BioNascimento -> Dúvidas, desabafos, partilhas, etc Todos os tempos são GMT + 1 Hora
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum


Powered by phpBB 2.0.21 © 2001, 2002 phpBB Group